O Estranho

1º Episódio
Capitulo I

Quando Elessar foi impedido por Magno com tanta fúria, eu me assustei e retirei meu braço de junto do vampiro, e fiquei olhando-os impressionada por deixarem que o mal os dominasse nessa hora em que deveríamos estar todos unidos;

Elessar empurrou Magno para longe dele... Magno com a decisão de ajudar Last seu amigo e Reitor voltou rápido e se pôs na nossa frente dizendo a Elessar com autoridade.

- Voce vai precisar me bater bem forte ou eu não deixarei que voce soque meu Mestre.

= Pois não!

Elessar falou com convicção; ele não iria permitir que Last me drenasse.
Antes que Elessar pudesse partir para o combate com o Cigano ele mutou para o Elfo Lorian e barrou a mão de Elessar que bradou com ira:

= É a segunda vez que voce barra meu braço hoje! Isso está me deixando irado! Esse vampiro não vai drenar Sigel!

- Claro que não vai Elessar! Sigel não é um humano! Ela é um elfo como voce e não ha mau nenhum nisso. Um elfo e um vampiro possuem poderes iguais.

= Elfos não se alimentam de sangue Lorian!

- Mas ele não é um monstro Elessar! O (Alter Ego) do Last é tridimensional!
Last possui consistência. Não é um monstro, um fantasma etéreo, nem uma ilusão. É exatamente a cópia exata de um elfo com as alterações que ele pode causar para sua sobrevivência. Last se alimenta de energia, Mas essas mesmas não suprem as proteínas que ele precisa. Se alimentar de energia para ele é como fazer dieta. O sangue é a essência da vida Elessar. (A vida da carne está no sangue). Isso não altera em nenhum de nós, elfos, humanos ou vampiros.

Lorian falou isso cara a cara com Elessar que já esvoaçava suas lãs com ira.
Nesse momento Last despertou e bastante sem forças olhou incrédulo para mim e disse decepcionado ao sentir o gosto de sangue e eu ali ao seu lado ainda com o braço sangrando:

- Elfa! Voce me alimentou do seu sangue! Eu já te alertei para não fazer isso! Saia de perto de mim.

Os elfos que iriam entrar em batalha esquecendo-se de que eram amigos, pararam e nos olharam esperando o desfecho. Eu disse a Last;

- Cale-se Vampiro! Eu não farei nada disso, anda logo e suga isso antes que voce desapareça, precisamos de voce.

Elessar tentou intervir e eu disse a ele que não se metesse aonde não havia sido chamado. (Eu precisava ferir o orgulho do elfo para que ele nos deixasse, ele estava nos atrapalhando) Se já não bastasse a teimosia do vampiro.

Lorian interviu e disse a Last que aceitasse, porque eu era forte e poderia me defender se algo desse errado e de todos ali, eu era a que possuía mais energia devido a minha mutação. Elessar se afastou com seu orgulho ferido e eu aproveitei; encostei o pulso nos lábios quase sem vida de Last e usei minha força Elemental de comando do cérebro (poder que eu havia descoberto naquele momento por sinal) para enviar o sangue e assim fazer o vampiro sentir o desejo de sugar. Last sacudia a cabeça, virava o rosto tentando resistir. Mas eu sou forte e ele estava debilitado. O meu sangue saia lentamente se derramando por seu rosto, quando ele virava se negando a beber.
"o cheiro doce do sangue fresco para os vampiros e um martírio"!

Vez por outra o sangue molhava os lábios dele fazendo o corpo do vampiro entrar em convulsões. Porém eu não podia obriga-lo a beber, só podia oferecer.
Last precisaria ter a iniciativa de aceitar e sugar. Ele não suportou mais... E de uma maneira muito repentina que até me assustou, abocanhou meu pulso em um beijo-sádico. Segurando com as duas mãos, primeiro de leve, depois com mais força como se fosse devorar meu braço... Sugando o sangue puro de um elfo.
Quando vi as presas retráteis entraram em ação aflorando, me preparei ficando de sobreaviso... Era visível a mudança na pele dele, mas o vampiro não parava de sugar... Então entrei em ação e falei alto e seguro antes de fazer qualquer outro movimento brusco como soca-lo.

- CHEGA LAST!!

Last parou imediatamente! Olhando-me como se estivesse acabando de despertar... E com um salto se levantou... Last estava movido de uma fúria descomunal, aflorou as garras esticando os dois braços com força num movimento firme, um pouco para trás do tronco e com as mãos em formato de garras, abriu a mandíbula fazendo uma espécie de careta, deixando as presas longas e afiadas totalmente de fora e emitiu um chiado rouco.
O Vampiro estava pronto para a briga!
Eu fiz o mesmo; preparei-me para luta estiquei as duas mãos para frente na direção dele e quando ele veio com tudo... Joguei- para trás com a força da mente. (outra vez me surpreendendo com meu poder) Last foi lançado a uns dois metros e voltou chiando para mim, entretanto, dessa vez estava mais calmo. Eu falei com autoridade:

- Melhor ficar parado ai mesmo Vampiro! Ou vamos machucar nossos amigos!

Ele deu um grunhido na minha cara para mostrar quem era o senhor ali!
Em seguida retraiu as presas.
Os olhos dele ficaram livres da fúria e ele me agradeceu exigindo que eu nunca mais alimentasse um vampiro, fosse ele quem fosse, quando o mesmo estivesse sem as suas faculdades mentais.
Depois deu as costas para mim com muita elegância arrumando as lãs e se encaminhou até Elessar que o olhou de rabo de olho e disse.

= Se voce a machucasse eu te mataria Last Vladesk!

E os dois rosnaram um na cara do outro!
Para acalmar os ânimos Sion se pôs entre os dois e disse;

- Bem vindo Last! Nós quase o perdemos! Elessar salvou sua matéria!

O vampiro olhou para o elfo com quem media forças a alguns minutos e mudando da água para terra apertou a mão dele e agradeceu: 
Elessar aceitou o aperto de mão olhando ainda com desdém para mim depois desviou o olhar e disse;

= Last voce sabia que temos um novo Líder? A pequena Mah!

- Parabéns Cigana! Agora voce é o nosso líder e.... Onde está ela?

Perguntou Last olhando para todos sem ver a ciganinha entre nós.
Dseyvar se encaminhou para ele com passos firmes e as mãos na cintura e disse:

- Estou aqui Vampirão! Que bom que voce voltou!

Last ficou em silêncio por alguns segundos depois disse:

- Ora vejam! Foi muita esperteza ocupar um elfo para seguir conosco!
Querida líder qual é a primeira ordem?


- A primeira ordem é que estão proibidos de me chamar de líder, continuem me chamando de Mah ou de Cigana e... Muito obrigada pela confiança.

Falou a ciganinha com muito orgulho! Não por ser Líder o que ela achava um disparate da nossa parte, mas por aquela confiança sendo ela um humano.
 E mesmo sabendo que não está a altura de elfos e vampiros. Ela fará de tudo para não perder essa confiança. E como primeira sugestão ela disse que precisávamos encontrar o calabouço do mago negro. Lorian perguntou como faríamos isso. E a cigana respondeu com seu jeito singular:

- É simples! Precisamos fazê-lo aparecer para segui-lo!

Sion disse que teríamos problemas; Porque não poderíamos com o mago estando todos debilitados.
Mah falou que o mago não precisaria saber disso.
Elessar concordou com Mah! Claro que ela estava certa, não poderíamos deixar o mago desaparecer com os espíritos de nossos amados entes queridos. Ou quem sabe, até nos atacar com força total. Mah tinha razão... Porém, estávamos quebrados.

Kaku chegou até os desolados amigos e nos deu um objeto em formato de obelisco nos pedindo que tivéssemos muito cuidado com ele, que aquele objeto era sagrado para os ciganos Era um cristal magico que pertenceu a Kali e brilhava quando estivéssemos próximo a um portal. Os portais maligno nos daria uma luminosidade negra e os benignos nos daria luz brilhante com nuances azuladas. Pediu também que dormíssemos depois do chá que ele iria nos preparar que pela manhã estaríamos mais fortes e certos do que faríamos sobre tudo aquilo que nos afligia. Com a recomendação de que Last ficasse do lado de fora. Lorian disse que faria companhia, mas o vampiro voou para longe. Foi encontrar algo que o deixasse pleno de energia.

Capítulo II


Na manhã seguinte despertamos sobressaltados... Last nos acordou porque encontrou alguém que precisava de ajuda e ele não poderia tocar no tal ser.
Perguntamos por que, mas ele já havia saído rápido para nos mostrar a direção.

Elessar e eu fomos atrás dele saltando por sobre os obstáculos... Chegamos à beira de um grande rio, onde encontramos um ser que parecia humano, ele estava nu, tinha inscrições pelo corpo e possuía asa. Sim, asa, porque tinha uma asa só. Estava deitado de bruços na beira do rio. Elessar examinou para ver se havia ossos quebrados; não havia nenhum que arriscasse a vida do ser. 
Elessar com cuidado virou-o de barriga pra cima... Ele tinha muitas escoriações pelo corpo como se tivesse sido surrado... Mas podíamos ver que ele era muito belo.

Elessar segurou na mão dele pediu que eu fizesse o mesmo e nos levou até o acampamento do Rei cigano Mat.
Chegando lá Mat nos disse que se tratava de um Nefilin; Filho de Anjo com Humano. Descendente direto de um anjo caído com um mortal. Mat nos disse que eram raros os Nefilins que possuíam asas. Alguns além de não possuírem asas, também não possuíam os poderes sobrenaturais dos anjos caídos, Mas que todos possuíam graus variados de poder, que alguns poderes se manifestavam durante a vida, alguns logo ao nascer, e outros demoravam mais tempo. Nos alertou também que Nefilins só podem ser mortos por Anjos.
 Caso esse ser fosse de índole má e precisássemos nos livrar dele, seria impossível. Porque Nefilins são imortais. Embora tivessem todas as sensações físicas de forma normal.

Por ter sangue de anjos, mesmo que seja caído, a personalidade do Nefilin iria depender do seu progenitor sobrenatural, no caso: filho de um caído do lado negro. A personalidade dele seria rebelde, livre, não aceitaria regras e seus poderes seriam ligados a escuridão, as sombras. 
ele fosse filho dos caídos do Lado do “Trono”. Seria amigável, doce, entretanto, justo e mandão, querendo impor suas vontades aos outros, impulsivo e desconfiado. A aparência do ser que encontramos era peculiarmente humana, porém com um toque sobrenatural vindo de seu sangue anjo, por isso seria charmoso aos extremos perante os olhos dos humanos comuns. Mat nos disse:

- Nefilins meus amigos! Definitivamente, não são totalmente humanos.
Possuem enorme controle dos cinco sentidos. Quando estão em batalhas e  olhos assustadores totalmente brancos. E o principal:

° Esse ser será extremamente fiel se fizerem um acordo
° Será incapaz de mentir.
°Não matará inocentes e não tomará decisões.
°Se irritará facilmente! E poderá criar confusões!
° Quase nunca sentirá medo de alguma situação! E se caso ele se sinta a vontade para atacar alguém ele atacará sem nenhum problema.
Será ótimo em batalhas. Porque os Nefilins possuem reflexos muito bons e rápidos. Conseguem manipular todo e qualquer tipo de arma com facilidade.
Qualquer Nefilin sabe manejar o Arco tão bem como se tivesse o manejado a vida toda.

Depois dessa explicação toda Elessar pensou em cura-lo e devolvê-lo ao rio antes que acordasse porque já tínhamos problemas demais.
Sion foi contra: Pelo motivo que se precisasse de ajuda ele seria a “nossa cavalaria”.  Elessar não gostou muito disso, mas Sion é seu mestre e mais sábio do que ele, então, calado começou a cura do tal Nefilin.

Elessar curou as feridas superficiais com ajuda de Sion e Kaku para que fosse mais rápido, As feridas mais profunda como uma veia rompida no baço e duas costelas quebradas. Eles usou magia elfica de cura
O ser começou a despertar... Muito lentamente abriu seus estranhos olhos brancos... De imediato olhou na direção de Dseyvar e com certeza encontrou Mah em seu interior. Porque o elfo se aproximou encantado. 
Sendo possuidor de beleza inescrupulosa ultrapassando até a beleza de alguns demônios ele usou isso ao seu favor. Precisava ter um aliado no caso de sermos inimigos. Ele ainda não sabia que estava melhor. 
Elessar terminou de enfaixa-lo e perguntou:

=Sente-se melhor Nefilin? Qual o seu nome? O meu é Elendil Elessar.

O Nefilin olhou em volta parando em cada um de nós os seus olhos brancos.
Os Nefilins possuem percepção superior que o fazem ver o invisível e sentir o sobrenatural. Depois de nos estudar minuciosamente ele apertou a mão de Elessar como se esse fosse seu familiar e disse sentando-se:
*- Meu nome é Raaniel! Obrigado por me salvar dos Arcanjos!

= Porque Arcanjos caçavam voce?

*- Por que? Somos aberrações e amaldiçoados para eles por sermos filhos de caídos.

= Perdoe-me a indiscrição; Mas porque voce tem apenas uma asa?

*- Por ter caído!

= Caído? De onde voce caiu?

*- De junto do trono! De onde mais eu cairia?


= Não entendi! Voce diz de junto do criador?

*- Sim Elfo! Anjo caído é exatamente isso. Não se trata de termos caído em tentação, mas despencado. Somos atirados como indesejáveis.

= Um Nefilin junto ao criador? O que fazia lá Raaniel?

*- Meu pai é um grande Anjo caído! Sou filho de Samael e Liliel. Minha irmã é um Nefilin demônio. Minha mãe um Nefilin direto de humano e Anjo guardião e meu pai um Serafim caído. Minha família entrou numa grande batalha contra as falanges das Sentinelas e Vigilantes e venceram.
Quando eu fiz quinze anos meu pai foi levado à presença do “trono”, posto em correntes para todo sempre! Eu fui salvá-lo. 
Sou mais forte dentre todas as outras espécies, Posso controlar muito bem uma arma, pois tenho facilidade com isso. Sou capacitado à planejar e estruturar estratégias tão bem feitas, que possuem, cinquenta por cento de chances de funcionarem corretamente. Uso a inteligência e a racionalização com extrema facilidade, adquirindo assim uma inteligência natural. 
Sou imune a dor e resisto aos ataques de um Anjo de alto escalão, mas apenas resisto. Não sou imune a eles!
Quando cheguei diante do “trono” e intercedi por meu pai me fizeram uma pergunta. Se eu conseguisse responder poderia levá-lo e nunca mais molestariam-no:

= Quais foram?

Perguntou Elessar desconfiado de algo;

*- Quais eram as três coisas mais importantes e maravilhosas entre os humanos e o Criador. Minha grande inteligência falhou nessa hora... Eu não consegui responder porque só tive uma única chance. Subestimei minha inteligência e não pensei direito. Então o querubim protetor do “trono” arrancou uma de minhas asas e me atirou fora da dimensão Celeste me alertando que eu nunca mais poderia pisar diante do "trono" ou precisariam matar-me. Nessa queda não podemos parar, não temos defesa. Caímos e pronto. Eu me curo facilmente, mas essa queda é muito grande até para nós.

= O que voce vai fazer agora Raaniel?

*- Tentar descobrir quais são as três coisas mais bonitas do mundo e voltar diante do “trono” Quero salvar meu pai! 
Minha mãe não terá novamente um amor arrancado de suas mãos.

= Qual a sua idade Raaniel?

*- Contando por Humanos tenho dezesseis.

= Iremos te ajudar, mas antes precisamos acabar com um ser maligno que quase nos destruiu e abduziu os espíritos de nossos entes queridos para transformá-los em demônios.

*- Os demônios não são por obrigação seres malignos. É apenas uma raça de seres diferentes. Como todos os seres existentes no universo, fazem tanto o bem quanto o mal.

Elessar parou de fazer perguntas ficou em silêncio absoluto pensando que esse Nefilin tinha toda a razão.
Ontem mesmo ele estava pronto a entrar em uma batalha com seu grande amigo Magno, porque não usou a razão na hora que deveria.
Ele deu a mão a Raaniel para se levantar.
 O Nefilin se encaminhou para a saída e disse:

*- Preciso fazer umas coisas. Mas eu encontrarei vocês estejam onde estiverem e os ajudarei com esse tal Maligno. Obrigado por tudo.

Antes de sair olhou demoradamente para Dseyvar que continuava encantado e foi embora.
*******************
Dseyvar falou pelos cotovelos depois que ele se foi...
- Ah peraí! Vocês vão ficar paparicando esse nef... Sei lá o que? Ou vamos nos preparar para irmos atrás do tal bruxo preto. Aquele ignóbil ser?

Olhamos para ele... Claro que quem falava era nossa ciganinha!
Estávamos espantados com aquela reação e não tivemos outra coisa a fazer a não ser rirmos muito.
 Mah perguntou fazendo do elfo que a carregava uma bela cigana pelo modo Com que gesticulava e punha as mãos nos quadris balançando os ombros.

- Hey! Voces estão pensando o que?? Porque estão rindo da minha cara???
Sou ou não sou a líder dessa joça???

- hahahahahahahahahah Mah Esperanza te amamos!

Comentários

  1. BEM MEUS AMORES. COMEÇAMOS NOVA TEMPORADA... E VAMOS PENAR NESSES EPISÓDIOS... AGUARDEM !
    MAH & MAGNO: MÃOS A OBRA.

    (Katia Kristina)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo convite. Agora posso comentar... Está tudo muito bom..🌸💮😘

    ResponderExcluir
  3. Anônimo21:25

    já estamos na terceira Parte uau!!! Estava afastado devido aos ensaios da banda. mas estou muito curioso vou ler tudo Buona notte cara mia
    te voglio monto bene baci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Justinni que saudades de ti Italianinho ruivo te adoro . Boa sorte com sua banda!!! Baci Belissimo.

      Excluir

Postar um comentário

Já estamos na terceira Temporada das Aventuras de Sigel. Graças a voces meus leitores. Continuem comigo por favor.

Postagens mais visitadas deste blog

Roda Cigana

A Esperança

Sem Esperança...